Novidades

Poesia de Caio  de Meneses em memória de Vanete Almeida. 

À Vanete Almeida, mulher guerreira que lutou toda a vida por um mundo melhor, 

um sertão mais preservado e digno e pelo respeito à sociedade camponesa, 

meus agradecimentos em forma de verso, 

por tê-la encontrado na estrada da vida e conquistado para a minha luta ensinamentos que vieram de sua luz.


Para sempre viva

Vanete da vida da água e do chão,

da luta, do sonho e da felicidade,

deixou para a gente a grande lição

de enfrentarmos tudo pela liberdade.

 

Por destino ou sorte, nasceu no sertão,

onde descobriu a desigualdade

e saiu pra luta na convicção

da transformação da sociedade.

 

O seu corpo hoje, anda desligado,

não mais representa o que no passado

foi Vanete Almeida, serena e ativa.

 

Mas o seu espírito está tão presente,

que essa coragem que sobe na gente

é a sua força para sempre viva.